Make your own free website on Tripod.com

14 Anos sem Kurt Donald Cobain

Home

" Se o meu sorriso pudesse expressar o que sinto realmente no fundo de minha alma, ao me verem sorrindo, todos chorariam comigo."
KURT COBAIN

aberturatributo.jpg

Kurt Donald Cobain, nascido em 20 de fevereiro de 1967 em Aberdeen, Washington, U.S.A., foi o cara que mudou o rumo de nossas vidas, o jeito de se fazer música e além disso, uma grande pessoa. Cobain foi generoso e amigo, mais do que isso, foi um gênio que não pode conter toda sua inteligência. Teve uma vida conturbada, mas afinal ele foi feliz por muitos dias de sua vida, é desse Kurt feliz que devemos nos lembrar, nos lembrar de como ele era terno e generoso, nos lembrar eternamente dele. Em especial todo mês de abril, pois é quando sentimos um grande vazio por saber que de alguma maneira ele não está mais entre nós, onde quer que esteja, ele está feliz, mais do que estaria neste mundo.
 
KURT DONALD COBAIN descanse em paz onde quer que você esteja!!!
WE WILL LOVE YOU FOR ALL THE ETERNITY...
 
(ESSE TEXTO FOI ESCRITO POR KOBAINBRAZILIAN, IDEALIZADOR E FUNDADOR DO SITE http://br.geocities.com/nirvanafanclub2005/index.html)

06.jpg

Resumindo rapidamente a vida desse brilhante músico e grande pessoa... Kurt Cobain, guitarrista e compositor de Nirvana, nasceu em Hoquiam, WA em 20 de fevereiro. Ele viveu uma vida feliz até 7 anos quando os pais dele se divorciaram. Isto influênciou seu gosto musical e o resto da vida dele. A carreira musical dele começou em 1985 quando Nirvana foi formado. Em 1991 depois que o álbum "Nevermind" foi lancado Cobain e banda ficaram famosos. Cobain se casou com Courtney Love em 1992 e a filha, Frances Bean Cobain, nasceu depois alguns meses. Cobain se tornou uma lenda depois que ele se matou com uma espingarda remington na estufa dele nos 5 de abril de 1994 partidário vários anos de abuso de droga. Ele tinha 27 anos.

01.jpg

A carta supostamente de Cobain, a carta foi referida a Boddah, seu amigo imaginário desde os 7 anos de idade...

PARA BODDAH,
Falando como um simplório experiente que obviamente preferiria ser um eliminado, infantil e chorão. Este bilhete deve ser fácil de entender. Todas as advertências dadas nas aulas de punk rock ao longo dos anos, desde a minha primeira introdução a, digamos assim, ética envolvendo independência e o abraçar de sua comunidade,provaram ser verdadeiras.
Há muitos anos eu não venho sentindo excitação ao ouvir ou fazer música, bem como ao ler ou escrever. Minha culpa por isso é indescritível em palavras. Por exemplo, quando estouatrás do palco, as luzes apagam e o ruído ensandecido da multidão começa, nada me afeta do jeito que afetava Freddie Mercury, que costumava amar, se deliciar com o amor e a adoração da multidão. O que é uma coisa que eu totalmente admiro e invejo. O fato é que não consigo enganar vocês, nenhum de vocês. Simplesmente não é justo para vocês e para mim. O pior crime que posso imaginar seria enganar as pessoas, sendo falso e fingindo que estou me divertindo 100 por cento. Às vezes acho que eu deveria acionar um despertador antes de entrar no palco. Tentei tudo que está em meus poderes para gostar disso (e eu gosto, Deus, acreditem-me, eu gosto, mas não o suficiente). Me agrada o fato de que eu e nós atingimos e divertimos uma porção de gente. Devo ser um daqueles narcisistas que só dão valor às coisas depois que elas se vão. Eu sou sensível demais. Preciso ficar um pouco dormente para ter de volta o entusiasmo que eu tinha quando criança. Em nossas últimas três turnês, tive um reconhecimento por parte de todas as pessoas que conheci pessoalmente e dos fãs de nossa música, mas ainda não consigo superar a frustração, a culpa e a empatia que eu tenho por todos. Existe o bom em todos nós e acho que eu simplesmente amo as pessoas demais, tanto que chego a me sentir mal. O triste, o sensível, insatisfeito, pisciano, pequeno homem de Jesus. Por que você simplesmente não aproveita? Eu não sei! Tenho uma esposa que é uma deusa, que transpira ambição e empatia, e uma filha que me lembra demais de como eu costumava ser, cheia de amor e alegria, beijando todo mundo que encontra porque todo mundo é bom e não vai fazer mal a ela. Isto me aterroriza a ponto de eu mal conseguir funcionar. Não posso suportar a idéia de Frances se tornando o triste, o autodestrutivo e mórbido roqueiro que eu virei. Eu tive muito, muito mesmo, e sou grato por isso, mas desde os sete anos de idade, passei a ter ódio de todos os humanos em geral. Apenas porque eu amo e sinto demais por todas as pessoas, eu acho. Obrigado do fundo de meu nauseado estômago queimando por suas cartas e sua preocupação ao longo dos anos. Eu sou mesmo um bebê errático e triste! Não tenho mais a paixão, então lembrem, é melhor queimar do que se apagar aos poucos. Paz, Amor, Empatia.
Kurt Cobain
Frances e Courtney, estarei em seu altar.
Por favor, vá em frente, Courtney, por Frances. Pela vida dela, que vai ser tão mais feliz sem mim.
EU TE AMO, EU TE AMO!

03.jpg

Algumas frases de Cobain:
 
"Eu tenho a responsabilidade de falar negativamente sobre a heroína. É realmente uma coisa diabólica. É algo ligado com o Satã."
 
"Depois de uma hora de conversa acham que podem fazer uma avaliação de nossa personalidade. Por terem as credenciais acham que podem fazer esse tipo de coisa, deveriam ser psiquiatras e não jornalistas"

"Nos últimos cinco anos eu desejei a morte todos os dias. Às vezes cheguei bem perto."

 
"Até quando eu serei capaz de gritar até arrebentar os pulmões toda a noite, durante um ano inteiro de turnê?"
 
 
 
 
 

9k.jpg

7k.jpg

6k.jpg

4k.jpg

3k.jpg

2k.jpg

1k.jpg

05.jpg

07.jpg

08.jpg

09.jpg

10.jpg

12.jpg

13.jpg

14.jpg

15.jpg

16.jpg

17.jpg

18.jpg

19.jpg

20.jpg

21.jpg

22.jpg

23.jpg

24.jpg

25.jpg

26.jpg

27.jpg

28.jpg

29.jpg

30.jpg

Animações e Homenagens: http://www.nirvanaportugal.com/


KURT DONALD COBAIN, 20 DE FEVEREIRO DE 1967 - ATÉ A ETERNIDADE...

© Nirvana Memorial 2005 / 2006 :: Tributo feito por Kobainbrazilian ::